Como aumentamos em 59% o ticket médio de um Pronto Socorro em 3 meses.

Entenda como foi o nosso trabalho

Contexto

Conhecendo o desafio do hospital

Um hospital consolidado com 60 anos de mercado, quem tem acompanhado a evolução da saúde, investindo em tecnologia de ponta para atendimento de alta complexidade. Com o propósito sempre inovar e capacitando seu quadro de colaboradores, a instituição conquistou dia-a-dia a confiança da população e se estabeleceu como um dos maiores e mais bem equipados hospitais de Goiás.

No ano de 2010, com um percentual de 12% crescimento a instituição encabeça a lista dos cinco hospitais particulares com maior taxa de crescimento em Goiânia, mas para o hospital esse marco não era suficiente, o desejo de ir além gerou a necessidade de uma auxilio tático e operacional na sua gestão estrutural e estratégica, com a visão não apenas de gerar resultado, mas de gerar impacto positivo na vida dos seus pacientes.

O PS em números no início do projeto

2100 atendimentos

R$158,00 ticket médio

Indicadores de conversão

9,76% taxa de conversão

91 min tempo porta-médico

Primeiro conhecemos o hospital

e a unidade na qual estamos trabalhando

O processo é dividido em duas etapas, intervenção gerencial e intervenção assistencial. Em um primeiro momento o trabalho da Exímio focou-se em entender o fluxo gerencial e os processos e indicadores do hospital, como consequente intervimos na área assistencial para melhorias que afetam o atendimento.

1ª Etapa

Intervenção

Gerencial

2ª Etapa

Intervenção

Assistencial

1ª Etapa

Intervenção Gerencial

Nossa primeira intervenção é na camada gerencial (sem adentrar nos protocolos médicos), entendendo e mapeando todos os processos que são realizados para a entrega de valor para o paciente. 

A partir desse mapeamento, identificamos os gargalos no processo e traçamos um planos de ação baseado em 8 passos.

Principais ações

1. Coleta de Indicadores
2. Mapeamento do Fluxo de Valor
3. Identificação dos gargalos no processo
4. Análise financeira/contratual dos convênios
5. Análise das áreas de apoio:
Laboratório, Radiologia, Recepção, Administrativo, Faturamento
6. Redesenho do fluxo de pacientes horizontais e verticais
7. Redimensionamento das escalas de plantão
8. Início da gestão de performance por Balanced Score Card (BSC)

2ª Etapa

Intervenção Assistencial

No segundo mês de projeto, atuamos com a área assistencial da unidade hospitalar, focando em qualidade de atendimento para o paciente.

Nossos diagnósticos tem como estrutura um conjunto de 7 principais ações focadas na atuação de médicos, enfermeiros e técnicos, bem como na adequação de oferta-demanda dos serviços médicos.

Principais ações

1. Identificação de problemas e desenvolvimento de plano de ação
2. Reuniões de integração com equipe médica
3. Implementação da nova triagem
4. Implementação do MEWS (Time de Resposta Rápida)
5. Início da implementação de novos protocolos de AVC e dor torácica
6. Treinamentos dos times para implementação de protocolos
7. Deslocamento de especialistas

Resultados do projeto

Indicadores de impacto

Ticket médio aumentou

0 %
Número legal

Durante o andamento do projeto, apenas atuando na área gerencial, conseguimos otimizar os processos de atendimento e faturamento, gerando um aumento de ticket médio de 59% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O projeto em números

Abril a Junho de 2017

Abril vs Março

2932 atendimentos

208 ticket médio

8,83% taxa de conversão

  • 40%
  • 31%
  • 10%

Maio vs Março

3024 atendimentos

210 ticket médio

8,10% taxa de conversão

  • 44%
  • 32%
  • 17%

Junho vs Março

2737 atendimentos

233 ticket médio

10,30% taxa de conversão

  • 30%
  • 47%
  • 5%

Baixe o case completo!

Preencha o formulário e receba o case completo!  Entenda melhor como funciona o fluxo da gestão tática operacional da Eximio.

Case

Como aumentamos em 59% o ticket médio de um PS em 3 meses

Conheça nossos clientes