AMBULATÓRIOS DE PACIENTES ELETIVOS ​

COMO CENTRO DE RESULTADOS

Um modelo de alavancagem essencial para a eficiência do seu hospital

Por que os ambulatórios são uma boa fonte de receita:

Originação do paciente eletivo (clínico e cirúrgico)

Originação do SADT eletivo

Captação e fidelização do corpo clínico

Fortalecimento das linhas de cuidado das especialidades

O que faz uma Ambulatório de excelência

Corpo clínico engajado e fidelizado à instituição

Alta taxa de ocupação

Alta taxa de conversão de exames de imagem

Alta taxa de conversão em cirurgias eletivas

Referenciamento das internações clínicas

Nossa análise de benchmarking e oportunidades:

ESTRUTURAÇÃO DE CÉLULAS DE PRODUÇÃO E CONVERSÃO

Conversão de mais de

80%

dos exames de imagem prescritos

Conversão de mais de

70%

dos exames laboratoriais prescritos

Conversão de

100%

das cirurgias eletivas indicadas

NÚCLEO DE CAPTAÇÃO E RELACIONAMENTO COM CORPO CLÍNICO

Ampliação do corpo clínico eletivo

60 médicos

novos por ano

Aumento de mais de

20%

do volume global de cirurgias eletivas

Aumento de mais de

30%

da ocupação do ambulatório

Projetos corporativos com foco em:

Melhoria de controles e práticas ambulatoriais
com foco na estruturação dos KPI’s das linhas de cuidado de cada especialidade

taxa de ocupação

Conversão consultas ambulatoriais em cirurgias eletivas
Conversão dos exames de imagem e de laboratório prescritos

Governança clínica
e Scoring Médico

Gerenciamento ambulatorial
por linha de cuidado

Case Exímio

12 meses de projeto

VOLUME PRIMEIRAS CONSULTAS

Aumento da produção de consultas:
3015 consultas a mais no 2° semestre de 2020
(comparado ao 2° semestre de 2019)

RECEITA GERADA

Receita provinda das linhas de cuidado ambulatoriais (receita na linha de cuidado):
R$ 1.900.000,00 a mais no 2° semestre de 2020
(comparado ao 2° semestre de 2019)